quarta-feira, 24 de julho de 2013

Show Universo Casuo será atração na 15ª Jornada Nacional de Literatura


Espetáculo já foi visto por mais de 1,3 milhão de pessoas e inclui apresentações acrobáticas, dança, equilíbrio, música ao vivo e efeitos especiais


Show reúne artes acrobáticas, humor,
poesia, design extravagante e envolvente
 trilha musical
Um dos diferenciais da Jornada Nacional de Literatura de Passo Fundo é oferecer ao público participante a possibilidade de acesso a grandes espetáculos culturais. Nesta 15ª edição do evento, novamente esse acesso será ofertado. Entre as atrações da movimentação cultural que inicia no dia 27 de agosto, está o show Universo Casuo, que será apresentado ao público no dia 1º de setembro, às 19h.
O show, criado há quatro anos pelo protagonista do espetáculo Alegria, do Cirque du Soleil, Marcos Casuo, já foi visto por mais de 1,3 milhão de pessoas em todo o Brasil e inclui apresentações acrobáticas, dança, equilíbrio, música ao vivo e efeitos especiais. Por meio da união dessas artes, apresenta um universo paralelo regado de cores, sonhos e fantasias. 
O show reúne uma combinação emocionante de artes acrobáticas, humor, poesia, design extravagante e uma trilha musical criada por Charlie Dennard - músico, compositor e band líder do famoso circo canadense - especialmente para o Universo Casuo. A história aborda um universo paralelo, o “Universo Casuo”, por meio do gramelô, língua oficial desse planeta multicolorido, um lugar diferente, onde tudo é possível.
O show do Universo Casuo será realizado no dia 1º de setembro, domingo que se sucede à Jornada, no Portal das Linguagens. Os ingressos podem ser adquiridos nos pontos de venda Wizard Paissandú e Bella Cittá e Gambatto Ford Boqueirão, em horário comercial. A realização é da Planet Shows Multi Eventos e da UPF 45 anos.

Jornada de Literatura
Pioneira no calendário brasileiro de eventos literários, a Jornada é realizada desde 1981, e, nessa 15ª edição, receberá mais de uma centena de escritores de nove nacionalidades. O tema escolhido pela organização é “Leituras jovens do mundo”. Entre os dias 27 e 31 de agosto, autores, intelectuais e leitores vão explorar o potencial, as preferências e a diversidade de interesses e de comportamentos desse público em especial.
A realização é da Universidade de Passo Fundo (UPF) em parceria com a Prefeitura Municipal de Passo Fundo e com apoio de empresas e órgãos públicos. Informações podem ser obtidas no portal www.jornadasliterarias.upf.br, pelo e-mail jornada@upf.br ou pelo telefone (54) 3316 8368.


terça-feira, 23 de julho de 2013

Programa Mundo da Leitura na TV comemora 10 anos no ar


O Programa Mundo da Leitura na TV está comemorando 10 anos e convida a todos para participar da sua festa de aniversário no próximo sábado, dia 27 de julho, no Centro de Referência de Literatura e Multimeios – Mundo da Leitura – Campus I UPF, das 15h às 17h.
O Programa Mundo da Leitura é produzido pelo Centro de Referência de Literatura e Multimeios – Mundo da Leitura e pela UPFTV. De forma lúdica e dinâmica, as diversas linguagens apresentadas – teatro de bonecos, cinema, música, linguagem informatizada, artes gráficas, literatura, dança entre outros – servem de incentivo para o desenvolvimento da criatividade, do raciocínio lógico e, principalmente, para a criação do hábito da leitura entre as crianças.
O programa foi ao ar pela primeira vez em 26 de julho de 2003, pela UPFTV e pela TVE, em canal aberto, para todo Rio Grande do Sul.  A partir de 2005, as aventuras de Gali-Leu e sua turma  ganharam o mundo e o programa passou a ser exibido em rede nacional pelo Canal Futura, e posteriormente para 105 países pela Globo Internacional.
Durante esses 10 anos foram muitas histórias, oficinas, jogos, charadas, reportagens e brincadeiras que buscaram estimular a leitura e o conhecimento em nossos telespectadores. Continue ligado em nosso programa! No Canal Futura os episódios inéditos vão ao ar nas quartas-feiras às 10h30min com reprise aos sábados às 11h, domingos às 9h, segundas-feiras ao meio dia e às 18h. Além do Canal Futura, o programa pode ser assistido pela UPFTV - canal 04 (aberto) e 08 da Net (a cabo) em Passo Fundo. Em Marau a emissora pode ser sintonizada pelo canal 54 e em Carazinho pelo canal 20.
A comemoração dos 10 anos do Programa Mundo da Leitura integra a programação do 5º Festerê Literário que prepara a comunidade para a 15ª Jornada Nacional de Literatura e 7ª Jornadinha Nacional de Literatura.
 Acesse o site do programa e divirta-se com as brincadeiras do Gali-Leu e sua turma.

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Trocando Ideias sobre A Metamorfose


O próximo encontro do Trocando Ideias no Mundo da Leitura acontecerá no dia 02 de agosto, sexta-feira, das 18h 30min às 19h 30min, e debaterá a obra A Metamorfose, de Franz Kafka. O projeto, iniciado no mês de junho com o debate da obra Cem anos de solidão, de Gabriel García Márquez, visa aproximar leitores e não leitores da literatura clássica universal para uma roda de conversa sobre as obras propostas, com a mediação dos monitores Fernanda Lopes e Lucas Cyrino. O evento é aberto ao público acadêmico e comunidade em geral.
A Metamorfose, de Franz Kafka, é considerada a mais célebre novela de Kafka e uma das mais importantes de toda a história da literatura. O texto coloca o leitor diante de um caixeiro-viajante - o famoso Gregor Samsa - transformado em inseto monstruoso. A partir daí, a história é narrada com um realismo inesperado que associa o inverossímil e o senso de humor ao que é trágico, grotesco e cruel na condição humana.

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Yamandú Costa é uma das atrações da 15ª Jornada Nacional de Literatura

Violonista e compositor, Yamandu
cria interpretações de rara
personalidade no seu violão de sete cordas
O passo-fundense Yamandu Costa, violonista e compositor reconhecido internacionalmente pela mistura de estilos e qualidade técnica, é uma das atrações da 15ª Jornada Nacional de Literatura de Passo Fundo-RS. No dia 24 de agosto, sábado que antecede a Jornada, Yamandu Costa sobe ao palco no Portal das Linguagens, a partir das 21h. Os ingressos podem ser adquiridos nos pontos de venda Wizard Paissandú e Bella Cittá e Gambatto Ford Boqueirão, em horário comercial.
Nascido em Passo Fundo em 1980, Yamandu começou a estudar violão aos 7 anos com o pai, Algacir Costa, líder do grupo “Os Fronteiriços”. Até os 15 anos, sua única escola musical era a música folclórica do Sul do Brasil, Argentina e Uruguai. Depois de ouvir Radamés Gnatalli, começou a procurar por outros músicos brasileiros, tais como Baden Powell, Tom Jobim, Raphael Rabello, entre outros. Aos 17 anos apresentou-se pela primeira vez em São Paulo, e a partir daí passou a ser reconhecido como músico revelação do violão brasileiro.
Um dos maiores fenômenos da música brasileira de todos os tempos, o jovem Yamandu é capaz de levantar em êxtase plateias e de emocionar do grande público aos mais apurados ouvidos. Suas interpretações performáticas conseguem remodelar cada música que ele toca e revelam uma profunda intimidade com seu instrumento.
Yamandu toca de choro à música clássica brasileira, mas também é um gaúcho cheio de milongas, tangos, zambas e chamamés. Um violonista e compositor que não se enquadra em nenhuma corrente musical, é uma mistura de todos os estilos e cria interpretações de rara personalidade no seu violão de sete cordas.
A realização do show é da Planet Shows Multi Eventos e da UPF 45 anos.

Jornada de Literatura
Pioneira no calendário brasileiro de eventos literários, a Jornada é realizada desde 1981 e, nessa 15ª edição, receberá mais de uma centena de escritores de nove nacionalidades. O tema escolhido pela organização para guiar os debates é “Leituras jovens do mundo”. Entre os dias 27 e 31 de agosto, autores, intelectuais e leitores vão explorar o potencial, as preferências e a diversidade de interesses e de comportamentos do público jovem, em especial.
A realização das Jornadas Literárias é da Universidade de Passo Fundo (UPF) em parceria com a Prefeitura de Passo Fundo e com apoio de empresas e órgãos públicos. Informações podem ser obtidas no portal www.jornadasliterarias.upf.br, pelos e-mails jornada@upf.br ou jornadinha@upf.br e pelo telefone (54) 3316 8368.

segunda-feira, 15 de julho de 2013

Para saborear livros

Pela primeira vez, a Jornada Nacional de Literatura de Passo Fundo terá programação voltada para gastronomia. Chefs de cozinha, escritores, artistas e leitores têm encontro marcado entre os dias 24 de agosto e 1º de setembro

A 15ª edição da Jornada Nacional de Literatura de Passo Fundo terá uma apetitosa novidade: pela primeira vez, a movimentação cultural terá parte da sua programação dedicada à gastronomia. Amplia-se o foco de interesse dos leitores e dos leitores em formação.  O Páginas Saborosas – Festival de Gastronomia acontece de 24 de agosto a 1º de setembro e reunirá chefs de cozinha, escritores, artistas  e leitores numa deliciosa mistura. Aulas temáticas serão ministradas por chefs convidados especialmente para o Festival.
A ideia de realizar o evento é conscientizar pais e educadores para a importância da alimentação saudável. Objetiva, portanto, formar leitores sensíveis a práticas saudáveis de alimentação. E mais: formar leitores apreciadores da gastronomia, segmento que atrai o interesse de pessoas de distintos grupos sociais, promovendo, também, um turismo especializado.  A realização do Páginas Saborosas é de responsabilidade da Universidade de Passo Fundo, Prefeitura Municipal de Passo Fundo e da Revista Prazeres da Mesa.
Durante o evento, os participantes poderão saborear os pratos vencedores da 1ª Maratona Gastronômica realizada em 2010, em oito municípios da Microrregião Cultura e Tradição/RS. Acontecerão ainda oficinas culinárias para professores e responsáveis pela merenda escolar, festival de doces típicos, além da programação artística que inclui a exibição do documentário Muito além do peso, apresentações teatrais e shows musicais.
Para participar e se inscrever nas oficinas, basta acessar o portal. Pelo site, os interessados devem preencher a ficha de inscrição on-line e efetuar o pagamento via boleto bancário. As vagas são limitadas e as inscrições ficam abertas até as vagas serem preenchidas.
A programação completa e outras informações podem ser obtidas no sitewww.jornadasliterarias.upf.br, pelo e-mail jornada@upf.br ou telefone (54) 3316-8368.

sexta-feira, 12 de julho de 2013

Caderno de Atividades VI está disponível para download

Está disponível no site da 15ª Jornada Nacional de Literatura o "Caderno de Atividades VI" com as obras e os autores indicados para a 7ª Jornadinha Nacional de Literatura e para a JorNight. O Caderno pretende subsidiar os professores na escolha das obras a serem trabalhadas em sala de aula e, também, oferecer propostas para o desenvolvimento de práticas leitoras.

As atividades de Pré-Jornadinha e Pré-JorNight envolverão, principalmente, professores e alunos. Contudo, contamos também com a mesma colaboração que obtivemos, em edições passadas, por parte dos diretores de escola, dos coordenadores, dos pais e, especialmente, do poder público, por meio das secretarias de Educação e Cultura e das Coordenadorias Regionais de Educação.

http://jornadasliterarias.upf.br/15jornada/index.php/7o-jornadinha/caderno-de-atividades-vi.html



quarta-feira, 10 de julho de 2013

Pré-Jornadinha acontece nas escolas de toda a região

Gincanas, atividades de leitura e pinturas de muros estão entre as iniciativas de preparação para a 7ª Jornadinha Nacional de Literatura.

Entre as obras trabalhadas com os alunos da Escola
Dr. João Carlos Machado, de Sarandi, o Livro do Cabelo,
de Leusa Araujo, foi um dos preferidos
Uma Jornadinha Nacional de Literatura não é apenas um encontro com a presença de leitores e escritores. As atividades preparatórias são tão importantes quanto a movimentação cultural, que neste ano chega a sua sétima edição e acontece de 27 a 31 de agosto no Campus I da Universidade de Passo Fundo (UPF). Escolas de toda a região norte do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina já mobilizam a comunidade escolar para ler, debater e criar a partir das obras dos autores convidados.
Na Escola Estadual de Ensino Fundamental Dr. João Carlos Machado, no município de Sarandi, a mobilização de pais, alunos e professores começou cedo. Assim que tiveram conhecimento das obras indicadas para leitura, a comunidade escolar se uniu para arrecadar recursos para a compra dos livros. A solução encontrada foi a venda de cucas. Quem conta a história é a coordenadora pedagógica da escola, professora Tatiane Piazza Grando. “A receptividade da comunidade escolar foi muito boa. Os pais e os alunos se envolveram na venda de cucas e conseguimos juntar o dinheiro necessário”, ressalta. Embora a quantidade de exemplares não seja suficiente para que cada aluno possa levar os livros para casa, as ações realizadas com base nas obras são várias.

Internet
Uma alternativa encontrada para se trabalhar com os alunos foi a produção de vídeos para disponibilização na internet. Eles elegem uma obra de referência para isso e promovem pesquisas para conhecer mais sobre o autor e o assunto. Além disso, a atividade proporciona contato com os escritores por meio de blogs e redes sociais. Conforme a professora Claudia Tesser, mesmo os alunos que não participarão da movimentação cultural são inseridos nos trabalhos desenvolvidos e gostam da oportunidade de conhecer mais sobre as obras, além de poderem interagir virtualmente com os escritores.

Nos muros e na cabeça
As obras indicadas para a Jornadinha são a base para uma série de iniciativas extraclasse. Um dos exemplos é o trabalho desenvolvido sobre a obra Livro do Cabelo, de Leusa Araujo. A partir dela será realizada uma gincana no dia 11 de julho, além de um vídeo que já está disponível no blog da escola escolamachadosarandi.blogspot.com.br. Já o livro O mestre das sombras, de Ivan JAF, será o tema de desenhos que serão pintados no muro em frente à escola.
Cerca de 150 alunos da Escola Dr. João Carlos Machado devem participar da movimentação cultural em Passo Fundo. De acordo com a professora Tatiane, a escola participa desde a primeira edição da Jornadinha e a preparação é fundamental. “Os alunos que se envolvem, vivenciam as obras e viajam por todo esse processo, chegam à Jornadinha familiarizados com o assunto e mais íntimos dos autores”, avalia.

Pré-jornada
A coordenadora das Pré-Jornadas - que congregam os esforços de preparação às Jornadas Literárias -, professora Eliana Teixeira, acredita que além de ser importante para a familiarização das crianças e jovens que participam da movimentação cultural, a Pré-Jornada e a Pré-Jornadinha fazem parte do processo de certificação dos professores. “Esse é um diferencial das Jornadas Literárias, a preparação prévia dos participantes, que tornam o momento de encontro com os autores muito mais proveitoso”, avalia.
Além de realizar as atividades nas escolas, é necessário fazer o registro no grupo oficial Pré-Jornada 2013 no Facebook. Fotos, relatos e desenvolvimento de discussões estão entre as iniciativas que podem realizadas. No sitewww.jornadadeliteratura.upf.br estão disponíveis as instruções para a realização da Pré-Jornada e Pré-Jornadinha.

terça-feira, 9 de julho de 2013

Marcia Kupstas estará presente na 7ª Jornadinha Nacional de Literatura

Marcia Kupstas é paulista nascida em 1957. Ela cresceu ouvindo as lendas e mitos dos eslavos da boca de sua avó russa Efrosina; os casos de viagens do pai Vítor e os livros que a mãe lia para ela, de todos os tipos.
Cresceu e continuou com essa paixão por livros e histórias. Fez faculdade de Letras na USP, lecionou Literatura e Redação em escolas da capital paulistana e continuou perseverando no seu sonho de ser escritora. Sonho realizado, pois ela é considerada atualmente um dos grandes nomes da literatura juvenil brasileira, com mais de cem obras publicadas. Sua escrita honesta é atraente e conquista muitos fãs ao longo de sua prestigiosa carreira.

A autora estará presente na 7ª Jornadinha Nacional de Literatura nos dias 30 e 31 de agosto, conversando com os alunos de 6º a 9º pela parte da manhã. Sua obra indicada para esta edição da Jornadinha é Evocação, publicada pela Editora Ática, que trata do sobrenatural, criando um ambiente fantástico onde mistério e realidade constroem uma história emocionante. Leia, abaixo, um pequeno fragmento da obra:

“Um jogo da verdade, é? – Bárbara se interessou.
 - Muito mais que um jogo de verdade, Babi. É Jogo da verdade. A gente vai conversar com quem pode nos dar todas as respostas para perguntas do dia a dia, do destino, do futuro... – respirei fundo e falei devagar: - da vida e da morte.
Olhei séria para cada um deles. Magali segurava o riso a custo... Uma das colegas de Magali volta e meia se reunia em casa e organizava aquilo. Comecei a participar por “espírito de porco” e logo minha irmã e eu nos especializamos em alguns truques sutis com os dedos, mas que realmente causavam impacto em quem estava aflita para “buscar respostas com os espíritos”. Digamos assim. Era covardia propor aquilo sem avisar meus primos, mas valeria a pena, se eu pudesse incomodar Bárbara.
Magali alterou a voz:
 - Magda, você não está pensando no ...
 - O tabuleiro de Ouija. Vamos falar com os mortos”.
(KUPSTAS, M. Evocação. São Paulo: Ática, 2012. p. 36)

segunda-feira, 8 de julho de 2013

Trocando Ideias no Mundo da Leitura já tem próximo encontro agendado

O Centro de Referência de Literatura e Multimeios - Mundo da Leitura anuncia ao público acadêmico e comunidade que a próxima edição do projeto Trocando Ideias no Mundo da Leitura ocorrerá no dia 2 de agosto, sexta-feira, das 18h 30min às 19h 30min. O projeto, iniciado no mês de junho com o debate da obra Cem anos de solidão, de Gabriel García Márquez, visa aproximar leitores e não leitores da literatura clássica universal para uma roda de conversa sobre as obras propostas, com a mediação dos monitores Fernanda Lopes e Lucas Cyrino.
A obra indicada para o próximo encontro é A Metamorfose, de Franz Kafka. Considerada a mais célebre novela de Kafka e uma das mais importantes de toda a história da literatura, o texto coloca o leitor diante de um caixeiro-viajante - o famoso Gregor Samsa - transformado em inseto monstruoso. A partir daí, a história é narrada com um realismo inesperado que associa o inverossímil e o senso de humor ao que é trágico, grotesco e cruel na condição humana.

sexta-feira, 5 de julho de 2013

Caderno de Leitura II está disponível para download

Está disponível no site da 15ª Jornada Nacional de Literatura o “Caderno de Leitura II”.
Seu conteúdo busca, além de consolidar a exitosa sistemática da Pré-Jornada, instigar os participantes da 15ª Jornada Nacional de Literatura à leitura e interação com as obras e autores envolvidos nesta movimentação cultural.
O “Caderno de Leitura II” é parte de um processo de intercomunicação e de diálogo, tendo como base dessas trocas a arte, a literatura e a tecnologia. Pretende auxiliar na sistematização da leitura entre públicos distintos. Dessa forma, o conteúdo dos roteiros apresentados constitui uma oportunidade para a consolidação do leitor emancipado, crítico e qualificado.

http://jornadasliterarias.upf.br/15jornada/index.php/15o-jornada/caderno-de-leitura-ii.html



João Carrascoza é um dos autores presentes na 7ª Jornadinha Nacional de Literatura

“O homem, o primeiro a acordar na casa, abriu a janela do quarto e deu com o sol já em seu esplendor, envolvendo os espaços com uma grossa demão de luz. Um dia como aquele era quase uma dor de tão lindo, quase não cabia no homem. Nem mesmo a janela suportava a claridade que a atravessava para iluminar, à cabeceira da cama, o rosto de sua mulher no travesseiro”. Esse é um pequeno trecho do conto Grandes Feitos do livro Aquela Água Toda, de João Anzanello Carrascoza, lançado no ano de 2012 pela editora Cosac Naify, e que é uma das obras indicadas para a 7ª Jornadinha Nacional de Literatura.


O livro traz onze contos em que o mais importante são as emoções e a força das inter-relações desencadeadas, em sua grande maioria e essência, por pequenos fatos cotidianos. Da viagem de uma família à praia, narrada do ponto de vista do menino, até o afastamento da família, ao qual o homem é submetido em função de seu trabalho, vemos passar as mais diferentes emoções e toda uma carga de dilemas, que nos faz refletir num nível mais íntimo do ser, e enxergar aquilo que geralmente nos parece insignificante como um potencial motivador de mudanças e descobertas em nossas vidas. Tudo isso é ressaltado pelo que coloca Ronaldo Cagiano em sua crítica, para o Jornal o Globo, intitulada Pequenas epifanias da vida doméstica, atestando que a sensação que este livro nos deixa é que: “É possível falar com sutileza sobre o banal e o ordinário do cotidiano, sem perder a densidade nem cair na obviedade”.


O autor João Carrascoza estará presente na Lona Amarela da 7ª Jornadinha Nacional de Literatura, nos dias 30 e 31 de agosto, falando com os alunos de 6º a 9º ano. Abaixo você assiste a uma entrevista do autor para o Itaú Cultural, em novembro de 2011, em que ele fala um pouco sobre sua vida e obra:


segunda-feira, 1 de julho de 2013

Literatura das periferias terá espaço na Jornada Nacional de Literatura de Passo Fundo

O rapper Emicida e o poeta Sérgio Vaz discutirão, ao lado do mexicano Alejandro Reyes, o tema “A leitura das ruas”

A produção cultural das periferias ganhou notoriedade e conquistou espaços importantes na cena literária brasileira. Um dos sinais da relevância desse fenômeno social é o espaço que ele ganhou até na mídia tradicional, sempre apontada por levar ao público apenas o mainstream. O rapper Emicida e o poeta paulista Sérgio Vaz são grandes expoentes desse movimento. Junto com o jornalista mexicano Alejandro Reyes, Emicida e Sérgio Vaz participam do último palco de debates da Jornada Nacional de Literatura de Passo Fundo. Intitulado “A leitura das ruas”, o encontro está marcado para as 14h do dia 31 de agosto e será seguido por show com Emicida.
Emicida é considerado uma das revelações do hip hop brasileiro. É dele a música Triunfo cujo clipe no Youtube recebeu mais de 4 milhões de visualizações. Atualmente, ele é repórter do programa Manos e Minas veiculado pela TV Cultura.
Sérgio tem seis livros editados: Subindo a ladeira mora a noite, A margem do vento, Pensamentos vadios, A poesia dos deuses inferiores, Colecionador de Pedras e Literatura, Pão e Poesia. À frente da Cooperifa (Cooperativa Cultural da Periferia), transformou bares em centros culturais, com a realização de saraus que reúnem em torno de 300 pessoas para ouvir e falar poesia. Outro projeto do Poeta da Periferia que merece destaque é o Poesia contra a violência que percorre escolas da periferia incentivando a leitura e a criação poética como instrumento de arte e cidadania.
No Brasil desde 1995, o mexicano Alexandro Reyes é jornalista e escritor. É mestre em Estudos Latino-Americanos e colabora com meios de comunicação alternativos, nos quais escreve sobre movimentos sociais no México, EUA e Brasil. Participou do Movimento Literário Baiano e publicou três livros: Vidas de rua, Contos mexicanos e A rainha do Cine Roma, finalista do prêmio Leya 2008.

Jornada de Literatura
Pioneira no calendário brasileiro de eventos literários, a Jornada é realizada desde 1981, e, nessa 15ª edição, receberá mais de uma centena de escritores de nove nacionalidades. O tema escolhido pela organização é “Leituras jovens do mundo”. Entre os dias 27 e 31 de agosto, autores, intelectuais e seus leitores vão explorar o potencial, as preferências e a diversidade de interesses e de comportamentos desse público em especial.
A realização é da Universidade de Passo Fundo (UPF) em parceria com a Prefeitura Municipal de Passo Fundo e com apoio de empresas e órgãos públicos. Informações podem ser obtidas no portal www.jornadasliterarias.upf.br, pelos e-mails jornada@upf.br ou jornadinha@upf.br e pelo telefone (54) 3316 8368.