quinta-feira, 19 de julho de 2012

Novas aquisições: Mitologia


GIGANTES, de John Malam.
O chão estremece... As casas trepidam... Pés enormes e peludos esmagam plantas e arbustos por onde passam... Este livro ilustrado apresenta gigantes de todos os tempos e suas histórias de lutas com os grandes heróis da mitologia, como Odisseu e Hércules, da mitologia grega; e Thor, da mitologia escandinava. Há também a lenda de Baba Yaga, contada na Rússia, na Polônia e na República Checa, uma bruxa comedora de carne humana, de caninos afiados e nariz adunco que transforma uma pessoa em pedra apenas com o olhar; e, claro, a lenda do Sasquatch, também conhecido como Pé Grande, da mitologia norte-americana. Conheça as lendas e os mistérios que cercam esses monstros aterradores. Saiba mais sobre os temíveis ogros e trolls. Veja quais são os gigantes mais famosos do mundo. Conheça os horripilantes e asquerosos Fomorianos.


FADAS, de John Malam.
Uma roda reluzente de dança e música no meio da floresta, sob a luz do luar... CUIDADO! Você está entrando no mundo das fadas. Este livro conta lendas sobre as fadas, que podem ser lindas e encantadoras, travessas ou perigosas, leva você a um mundo de fantasia e magia. Os elfos, por exemplo, podem roubar o bebê de uma família e colocar um bebê de fada em seu lugar. O problema é que bebês de fada são frágeis, choram constantemente e trazem anos de sofrimento à família que os cria. Essa e outras histórias são apresentadas neste livro. Conheça as lendas e os mistérios que cercam essas criaturas fantásticas. Saiba mais sobre duendes, gnomos e elfos. Veja quais são as fadas mais famosas do mundo e descubra como se livrar de um goblin travesso.


MONSTROS, de John Malam.
Conheça as lendas e os mistérios que cercam os maiores mitos assombrosos da história. Veja quais são os caçadores de monstros mais famosos do mundo. Descubra o ponto fraco de todas essas aberrações. Com ilustrações de monstros e caçadores e suas incríveis batalhas, este livro conta as lendas das criaturas assombrosas mais conhecidas do mundo. Tem as histórias de Hércules, que matou a terrível Hidra e também capturou o Cérbero, o apavorante cão gigante de três cabeças; de Simbá e suas batalhas com monstros marinhos; de Jasão vencendo as Harpias, monstros alados com corpo de abutre e cabeça de mulher velha; da vitória de Teseu sobre o Minotauro, uma das mais conhecidas lendas da mitologia grega; e muito mais criaturas aterradoras e os heróis que as destruíram. 
Com ilustrações incríveis, estes livros levam você aos lugares fantásticos onde vivem criaturas gigantescas, seres encantados e hediondos.

John Malam é um escritor britânico, que começou sua carreira como arqueólogo. Também trabalhou como editor para editoras do Reino Unido, antes de se tornar escritor em tempo integral. Seus livros informativos para as crianças abrangem uma ampla gama de assuntos, com ênfase especial em civilizações antigas.


PSIQUÊ, de Angela Lago. 
Há muito tempo, um escritor latino chamado Apuleio escreveu sobre o amor entre uma bela mortal chamada Psiquê e Eros, o deus do amor. Ao longo dos anos, a narrativa já foi encenada no teatro, já foi transformada em esculturas e pinturas. A escritora e ilustradora mineira Angela Lago, colocou a história dentro das páginas de um livro infantil que acaba de lançar.
No livro, tudo começa porque Psiquê, uma princesa tão linda, que é impossível pintar ou descrever, era admirada por pessoas de todo o mundo. Muitos vinham de longe apenas para vê-la. Um dia, Afrodite, a deusa da beleza, teve ciúmes da menina tão bela e mandou que seu filho Eros, o deus do amor, fizesse com que Psiquê se apaixonasse pelo mais terrível dos seres. Mas assim que Eros vê a bela menina, sabem o que acontece? Ele se apaixona por ela e a partir daí muitas coisas vão acontecer para que eles possam ficar juntos. Depois dessa deliciosa profecia, o que fazer senão caminhar página a página? A viagem vale a pena.

Angela Lago é formada em Serviço Social e dedica-se, desde 1980, a escrever e ilustrar para crianças. Tem mais de 40 livros publicados e, por oito vezes, venceu o Prêmio Jabuti. De grande prestígio internacional, a autora já ganhou outros prêmios como o “Octogone de Fonte” (França), o “Premio Iberoamericano de Ilustración” (Espanha) e o “BIB Plaque” (Eslováquia). Aos 63 anos, ela não se cansa de produzir, de contar histórias através de textos e ilustrações, e, agora, dedica boa parte do seu tempo ao seu site, um espaço de experimentações que disponibiliza jogos, sons e brincadeiras para crianças e adultos que se interessem por arte, magia e ternura.


O MAIS ASSUSTADOR DO FOLCLORE, de Luciana Garcia
Mapinguari, Jurupari, Zumbi, Labatut, Alma-de-Gato, Chibamba, Gorjala, Cabra-Cabriola, Bradador, Pai-do-Mato, Pisadeira, Quibungo, Tutu, Capelobo... Os monstros brasileiros resolveram aprontar uma grande confusão, mas não imaginavam que poderia haver um traidor entre eles. Com a ajuda do Negrinho do Pastoreio, o leitor poderá dar uma de detetive para desmascará-lo e, ao mesmo tempo, aprender mais sobre nossa cultura. O mais assustador do folclore é um livro diferente: além de apresentar os fantásticos mitos do folclore brasileiro em suas mais fiéis raízes, apresenta uma moderna história-mistério, que o leitor terá de decifrar com a ajuda de pistas espalhadas nos mais variados lugares. Traz também uma pequena entrevista "pingue-pongue" com cada um dos personagens que poderá ajudar a descobrir o mistério levantado na história que abre o livro!


Luciana Garcia é jornalista e tem 28 anos. Tradutora e produtora editorial, também desenvolve reportagens e entrevistas para revistas e jornais e infantis e teen, roteiros de quadrinhos e planejamento didático no ensino da língua inglesa.




O GATO E O DIABO, de James Joyce.
Inspirado em um conto bastante popular francês, o livro narra a divertida história de um diabo interesseiro que constrói uma ponte na pequena cidade francesa de Beaugency, numa barganha com o prefeito, em troca da alma do primeiro a atravessá-la. Com final surpreendente, o texto joga com a inversão de papéis entre o bem e o mal – o Diabo de Joyce é ingênuo e inofensivo, e confunde-se com a figura do própria autor através do traço do quadrinista Lelis.




James Joyce (Dublin, 1882) ainda jovem emigrou para a Europa Continental e passou o restante de sua vida em exílio auto-imposto, tendo voltado algumas poucas vezes à sua terra natal. Em 1922 publica aquela que seria sua obra-prima, Ulisses, tida como um dos maiores romances do século XX e uma das principais obras do modernismo de língua inglesa. Alcança tamanho reconhecimento mundial que ganha um dia em sua homenagem, o Bloomsday, em 16 de junho (dia no qual ocorre a história do livro), quando o mundo todo celebra sua obra literária. Outras obras suas de grande importância são Dubliners (1914) e Finnigans Wake (1939). 



Todas as obras a cima indicadas estão disponíveis no acervo do Mundo da Leitura. Venha conferir!

quarta-feira, 18 de julho de 2012

UPF integra comissão permanente de direção da Red de Universidades Lectoras


A Universidade de Passo Fundo (UPF) passou a integrar o comitê permanente de direção da Red de Universidades Lectoras. A definição aconteceu na última sexta-feira (13) durante reunião do VI Plenário da Red de Universidades Lectoras, realizado na Universidade de Girona. Na oportunidade também foi reconduzido ao cargo de coordenador da rede para o próximo biênio o professor Dr. Eloy Martos Nunez, da Universidade de Extremadura, localizada em Badajoz.

Além da UPF, integrarão o comitê no próximo biênio outras seis instituições de ensino superior, destas, apenas outras duas brasileiras: a Unesp e a Universidade de Uberaba. De acordo com a professora Tania Rösing, que representou a UPF no encontro, o grupo tem a incumbência de contribuir de forma significativa para desenvolver os trabalhos de pesquisa que aglutinam as universidades ibero-americanas e latino-americanas que a integram. “Embora vivamos a sociedade do conhecimento, da informação e comunicação, os leitores são em número muito pequeno. Demonstram dificuldades de compreensão e de interpretação de textos verbais bem como de textos não verbais. O destaque da UPF se deve a realização das Jornadas Literárias e seus desdobramentos há 31 anos”, declarou.

Proposta de pesquisa
Na cidade de San Feliu du Guixols, Espanha, a professora Tânia representou o grupo de pesquisadores formado por Natividade Pires, do Instituto Castelo Branco, Portugal; Angela Balca, da Universidade de Évora; Renata Junqueira, da Unesp; Ana Maria Esteves, da Universidade de Uberaba; e Miguel Rettenmaier, da UPF; para apresentar uma proposta de pesquisa. O formulário apresentado deverá ser aplicado entre alunos ingressantes nos cursos superiores de três universidades brasileiras e entre alunos das demais 41 universidades integrantes da Red de Universidades Lectoras. Para a professora Tania, trabalhar em rede pressupõe realizar ações que aglutinem professores e alunos. “Os resultados desse diagnóstico permitirão, nos diferentes países, a realização de ações que possam ampliar o número de leitores e o envolvimento dos universitários com a leitura que possa qualificar a sua formação acadêmica”, justificou.

Para a professora Tania o processo de internacionalização de universidades pressupõe ações efetivas que possam redundar desdobramentos que aprimorem o ensino, a pesquisa e a extensão. “Assim, mais uma vez, a UPF se destaca entre as instituições de ensino superior preocupadas com questões de leitura e de escrita que atingem não apenas seus alunos, mas que se constitui num problema nos mais diferentes países”, finalizou.